AdoteUmCara.com.br

Dois geeks unidos pela hashtag

O amor deles floresceu há pouco tempo, no ano passado, quando os dois já estavam cansados de procurar e não achar. Até que o Arthur usou seu faro apurado de tecnologia e resolveu se servir de uma ferramenta bem especial do Adote: a busca pela hashtag. Ele digitou #geek e, voilà, a Marcela apareceu!

Essa forma de buscar pela hashtag permite que você consiga filtrar pessoas que tenham os mesmos interesses e gostos que o seu, como acontece no Instagram. A diferença é que no Adote você já se depara com vários perfis de pessoas com quem pode interagir e, de quebra, já começar a conversa sobre esse ponto em comum (melhor do que aquele pálido “Oi, tudo bem”, não é mesmo?).

A Marcela já conhecia amigos que usavam o Adote e que tiverem sucesso, então rolava aquela esperança em se dar bem também, mesmo que não estivesse com o radar super ligado. “A primeira conversa foi bem descontraída, deixamos claro que poderíamos nos encontrar como bons amigos para conversar, sem pressão”, confirma a moça. E o encontro não poderia ter sido mais amigável, assim digamos: em uma hamburgueria na enérgica Avenida Paulista, em São Paulo, coroada com uma chuva torrencial que molhou a roupa branca da Marcela.

Pouco importou se ela chegou molhada ao encontro do Arthur. Eles se cumprimentaram, degustaram hambúrgueres e deixaram a conversa os levar a serem os últimos clientes a irem embora do lugar. “Ficamos horas e horas lá, sentados, dando risada. Sentimos uma sintonia, como se já nos conhecêssemos antes”, conta ela. Quem tomou a iniciativa para um segundo encontro foi a Marcela, que o convidou para ver Bohemian Rhapsody, o filme sobre a banda Queen, no cinema. 

O primeiro beijo não precisou esperar para ser dado nas poltronas, ele aconteceu antes mesmo, nas escadas do shopping (o que facilitou a tarefa, por o Arthur ser mais alto que a Marcela). Eles usam até um colarzinho que tem uma escada como pendente para simbolizar esse dia, fofíssimos! Já sentindo que o sentimento ia aumentando cada vez mais, o casal até tentou esconder as palavras ao usarem emojis, mas chega uma hora em que é preciso dizer.

Depois de passarem por relacionamentos conturbados no passado, eles estavam prontos a assumir que se amam e a recomeçar uma história, cercada de bom-humor, memes, e coisas geeks do gênero, como Big Bang Theory (série que o Arthur colocou na biografia do Adote, aliás). “Se não fosse pelo aplicativo, não íamos nos encontrar. Ele é de São Caetano (SP) e eu da Zona Sul da capital. Não frequentávamos os mesmos ambientes, mas foi a hashtag que nos colocou em contato, diz Marcela.

Hoje, com pouco mais de um ano de namoro, eles já conversam sobre morarem juntos no começo do ano que vem, estão juntando dinheiro para viajar, e aproveitam para passarem bons momentos com os amigos que agora têm em comum, sem contar a sogra que a Marcela diz ser super fã #melhorsogra. Que a força continue com vocês, casal!

Nós do Adote desejamos que a Marcela e o Arthur, que saíram do app. para a vida real, continuem alimentando esse amor e crescendo juntos <3

Tem alguma história boa que saiu do Adote e quer compartilhar com a gente? Manda um direct no nosso Instagram @adoteumcara ou pelo e-mail contato@adoteumcara.com.br

Texto e entrevista por Beatriz Prieto
back to top